Segundo os médicos a falta de refeições regulares sempre foi recorrente no Hospital Geral de Palmas (HGP). Por problema de gestão e falta de pagamentos, pacientes, profissionais, como: enfermeiros, médicos, entre outros, que atuam diuturnamente dentro do HGP, foram abandonados a própria sorte. Não se alimentam direito, e quando há alimento, a qualidade e diversidade não respeitam as exigências nutricionais.

Profissionais da nutrição dizem que a alimentação há tempos é desequilibrada nos hospitais. É orientado por esses profissionais e endossado pelos médicos que a alimentação precisa ter fonte de carboidrato, proteína, além de vitaminas, minerais e vegetais, porções de carne e salada, com verduras, legumes e frutas como sobremesa para completar o valor nutricional. Mas isso é sonho nos hospitais do Tocantins.

Segundo Conselho Regional de Medicina do Tocantins (CRM-TO) é muito triste ver pacientes com fome, isso compromete o êxito de qualquer tratamento de saúde, sem falar que os médicos precisam se alimentar dignamente para atender seus pacientes com ânimo e bom humor. Fome mata, causa doença e mau humor. Faz parte da dignidade do paciente e do médico estar bem alimentados.

O CRM-TO alerta que não culpem médicos, principais bodes expiatórios em qualquer problema de gestão, de tratamentos inadequados, seqüelas e descaso com a saúde dos pacientes e quem sabe, óbitos. Médico não trabalha sozinho, não faz milagre, precisa de equipe multiprofissional, remédios, estrutura, insumos e o mais importante alimentos.  

“Não bastasse a falta de leitos, macas, remédios, insumos, profissionais, respeito à dignidade, agora falta comida. Onde vamos parar? Onde o Governo quer chegar?

O CRM-TO abomina esse tipo de prática e conduta com a vida humana, repudiamos a falta de respeito para com os médicos que trabalham no HGP e nos demais hospitais desse Estado, que são tão ou mais precários que o Hospital Geral. 

Faltar comida é faltar vida, alegria e disposição.

 

Conselho Regional de Medicina do Tocantins

CRM-TO

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.