Tratar das condições precárias de atendimento dos hospitais públicos do Estado, como, a falta de estrutura material, medicamentos e a exposição de servidores a esse tipo de desgaste foi o objetivo da visita das entidades médicas, Conselho Regional de Medicina do Tocantins (CRM-TO) e do Sindicado dos Médicos no Estado do Tocantins (Simed-TO), e seus respectivos presidentes, Jaci Silverio e Janice Painkow, ao governador do Estado Marcelo Miranda, hoje (28) pela manhã, no palácio Araguaia.

Compuseram a comitiva de médicos nesta visita, o corregedor do CRM-TO, Tomé Rabelo, a segunda secretária do CRM-TO, Nara Neli Torres, a conselheira, Ana Emília, o vice presidente do Simed-TO, Hilton Mota.

Na ocasião estavam presentes também vários secretários de Estado, entre eles, Herbert Brito, Secretário Geral de Governo, que afirmou, “essa é uma das reuniões mais importantes dos últimos tempos porque a saúde é um gargalo”.

O governador Marcelo Miranda concordou com a opinião das entidades médicas, que na saúde e para a saúde tudo tem que ser rápido. Ele prometeu dar encaminhamento aos pedidos e sugestões.    

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.