O departamento de fiscalização do Conselho Regional de Medicina (CRM-TO) foi à Gurupi verificar, in loco, a real situação de distribuição de medicamentos no Hospital Regional e atendimento a pacientes daquele município.

 

A intenção do CRM-TO fazer parecer e expedir documento exigindo que o Estado tome providencias imediatas para sanar os possíveis problemas. Há denúncias de desabastecimento, falta de leitos e problemas estruturais no Hospital Regional de Gurupi.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.