Os membros da diretoria do Conselho Regional de Medicina do Tocantins (CRM-TO), o presidente, Dr. Jorge Guardiola, o 1º e 2º secretário, Dr. Frederico Henrique de Melo e Dr. Nemésio Tomasella, estiveram na manhã desta quinta-feira (04/02), em reunião com a secretária municipal de saúde (SEMUS), Valéria Silva Paranaguá e equipe técnica, para tratar do cronograma de vacinação dos profissionais de saúde. 

 

Na oportunidade, o CRM-TO colocou a sede da instituição à disposição como mais um local de vacinação para médicos. A entidade pediu também que médicos fiscais e agentes de fiscalização entrem na lista das prioridades da vacinação, pois mesmo durante a pandemia estes profissionais não pararam de fiscalizar os locais de atendimento a COVID-19, tendo contato direto com ambientes onde circula o vírus e onde estão internados os enfermos.

 

Durante a reunião, o Conselho foi informado sobre as dificuldades que a Semus vem enfrentando com o problema da escassez de doses da vacina na capital. Segundo a secretaria o número de  profissionais que estão na linha de frente nos hospitais públicos e privados, além de Upas, Amas, Samu e postos de saúde são maiores que o número de doses disponibilizadas para Palmas, que recebeu na primeira remessa apenas 3.351 vacinas e na segunda 3.400. A secretária disse que “trabalhar com a escassez leva a exclusão de pessoas e a exclusão leva ao transtorno, estamos em contato com o Ministério Público Estadual informado diariamente o nome e quantidade de pessoas vacinadas. Se tivéssemos vacinas suficientes faríamos um Drive Thru”, afirmou Valéria.

 

Durante a explanação no encontro, o presidente do CRM-TO, tendo sido informado da situação, ponderou, “há necessidade de tranquilidade de toda a sociedade no processo de vacinação, atendendo as prioridades de acordo com à disponibilidade, e que estaremos atentos para que a vacina chegue a todos que desejarem”, ressaltou Guardiola.

 

Araguaína

 

Nesta sexta-feira (05/02), às 14 horas, seguindo cronograma de reunião com municípios, o Dr. Jorge Guardiola, estará em Araguaína, e se reunirá com a secretária municipal de saúde, Ana Paula Abadia, ocasião em que tomará pé de como está a vacinação dos profissionais de saúde na cidade.

O Conselho deixa claro que defende vacinas para todos os médicos tanto do setor público e privado. 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.