Rede dos Conselhos de Medicina
Anvisa determina recolhimento de lotes de Cloridrato de Ranitidina

Alguns lotes do fármaco cloridrato de ranitidina devem ser recolhidos, conforme determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), divulgada através da Resolução – RE 1.188, de 20 de abril de 2020, no Diário Oficial da União (D.O.U.).

A medida afeta lotes de duas marcas farmacêuticas: a Eurofarma e o Laboratório Teuto Brasileiro, que também teve o recolhimento de lotes do remédio Antidin (que também é à base de cloridrato de ranitidina) determinado pelo órgão regulador.

Nos dois casos, a Agência justifica que a medida aconteceu em virtude da presença de nitrosaminas (substâncias potencialmente cancerígenas formadas na fabricação de medicamentos) acima dos limites especificados nas bulas dos respectivos remédios.

É importante que os médicos procurem os seus pacientes para solicitar a interrupção do tratamento com esses determinados lotes. (Fonte: Anvisa)

 

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner